Skip to content

Emagrecer e ganhar massa magra. Como conseguir os dois?

fev 24, 2014

Não é novidade, se alguém procura uma academia certamente que perder peso e ganhar massa magra. E geralmente querem que isso aconteça de maneira rápida. O problema é que esses dois processos não acontecem de maneira significativa simultaneamente.

Entenda o porquê disso: o treinamento estimula apenas a adaptação do corpo, ou seja, os benefícios ocorrem no momento da recuperação e não do treino. Com base nisso, foram reunidas algumas dicas que ajudarão você no processo de emagrecimento e ganho de massa. Confira:

PARA EMAGRECIMENTO

A ideia é “simples”, para emagrecer você tem que gastar mais energia do que consome. Ou seja, você tem certo gasto energético durante as atividades físicas, que pode vir tanto da gordura quanto dos carboidratos. E essa energia é pequena se comparada ao que o corpo gasta apenas para te manter de pé. Então, você acabará queimando mais energia na hora do descanso do que na atividade em si. Por isso treinamentos que utilizam carboidratos e que são bem intensos são bons para emagrecer.

Você deve treinar no mínimo três vezes na semana, mas o ideal são quatro ou cinco treinos. Eles devem trabalhar se possível, 100% do corpo, contando com membros inferiores e superiores, visto que é necessário aumentar o gasto de energia. Você pode incluir também exercícios aeróbicos nos seus treinos, mas não são necessários, visto que se pode emagrecer sem eles.

1106_caloriasdosexercicios_f_007
Se realmente pretende emagrecer, nunca fuja da esteira!

PARA HIPERTROFIA

Na parte da hipertrofia o esquema é outro, você deve consumir energia do que vai gastar. O corpo, na hora do descanso, vai ter que tentar compensar o aumento proteico muscular, o estoque de glicogênio e a água. Então, parte do volume muscular que você acaba ganhando vem do acúmulo de fontes energéticas, que vem a ser usadas para construir massa muscular.

Um dos erros mais comuns cometidos é, na tentativa de emagrecer, aumentar o consumo de proteínas e diminuir o de carboidratos. O problema é que o corpo tem a capacidade de utilizar o nitrogênio vindo da proteína e utilizá-lo como carboidrato. E esse processo fará com que o carboidrato seja transformado em glicose e seja excretado pelo organismo, ou seja, virá a se tornar prejuízo para o corpo.

Os treinos devem em realizados em frequência mais baixa, ou seja, deve-se treinar todo o corpo de maneira parcelada. O corpo precisa de um estímulo grande e, assim, precisará de um descanso para que se recupere e compense. Nesse caso, treinos aeróbicos devem ser  realizados no máximo 2 vezes na semana.

Então, não existem milagres. Não se podem fazer as duas coisas ao mesmo tempo, e isso envolve vários fatores, desde treinos até a alimentação. A melhor forma é ter sua dieta e treinos programados para obter melhores resultados.

pós-treino