Seleções que proibiram sexo foram eliminadas mais cedo da Copa



Alguns técnicos ainda batem nesse tipo de coisa, pensando que ajuda o jogador a se concentrar, mas é óbvio que isso não faz bem, quem é Homem sabe muito bem como é sofrido. Rússia, Bósnia e Hezergovina, Chile e México decretaram uma espécie de “celibato” entre os seus jogadores, mas a tática ao que parece não deu muito certo.

Rússia e Bósnia caíram logo na fase de grupos, e ainda por cima decepcionaram por que jogaram muito mau, Chile e México até jogaram bem e quase passaram para as quartas de final, mas caíram nas oitavas.

Não significa que o sexo é uma formula para o sucesso, pois muitos times que liberaram o sexo também perderam e alguns times não divulgaram essa informação, mas mostra que essa atitude não ajuda e é retrógrada.

722678754-as-gemeas-carla-e-melissa-howe-em-ensaio-para-a-playboy-3584499246

O primeiro escândalo sexual na copa de 2014 aconteceu com o lateral Luke Shaw, da Inglaterra, que tentou organizar um sexo a três com as modelos gêmeas Carla e Melissa, famosas por serem coelhinhas da revista Playboy. De acordo com o jornal britânico The Sun, a tentativa aconteceu logo após a derrota inglesa para o Uruguai, que custou a eliminação do English Team.