Conheça o Orlando City, time dos EUA que contratou o Kaká



Nesses últimos dias o nome do Orlando City circulou muito aqui no Brasil, pois eles contrataram um dos nossos últimos grandes nomes do futebol brasileiro, o último brasileiro a vencer o premio de melhor do mundo, logo após a sua contratação, ele foi emprestado para o São Paulo.

Pouca gente já havia falado sobre esse time, que surge como candidata para ser uma das novas potencias da Major League Soccer, se especulam se irão contratar mais estrelas do futebol mundial. O crescimento do clube foi muito rápido, em apenas 4 anos de competição conseguiu subir até a principal divisão do futebol Norte Americano.

O Orlando City vem para matar uma carência da cidade de Orlando, que tinha necessidade em ter um time forte de futebol para acompanhar, uma curiosidade é que os fãs do clube são apaixonados pelo futebol brasileiro, então o clube é como uma junção de todas as torcidas brasileiras nos Estados Unidos, o clube trabalha assim muito pelo seu proprietário, Flavio Augusto da Silva, que também é fundador da Wise UP e se tornou um dos proprietários do clube, criando e executando todo um projeto de clube que resultou no acesso ao clube a elite do futebol.

E a ligação com o Brasil não para por ai, Flavio quer mais, quer que o Orlando seja o clube de todos os Brasileiros nos EUA, isso se reflete dentro de campo, o time tem muito do estilo americano de se jogar, mas preserva um pouco do futebol brasileiro, gosta de jogar mais solto e tem isso como filosofia.

Muita gente torce o nariz contra a MLS, mas ela tem tudo para daqui a algum tempo ser uma das principais ligas de futebol do mundo, primeiro por que americano sabe como criar um esporte de sucesso, depois por que eles preservam em seus clubes muito mais do que o futebol, implantaram o fair play financeiro e estão trabalhando na infraestrutura dos clubes, isso vai dar resultado no futuro.

Os americanos estão cada vez mais gostando de futebol, tem muito aquela lenda de que americano não gosta de futebol por que tem poucos pontos, mas isso está acabando, na Copa do Mundo agora os americanos foram a segunda nacionalidade a comprar mais ingressos, perdendo apenas para o Brasil que era país sede. Também pode se apostar nesse crescimento, pois entre os jovens o futebol faz muito sucesso, sem falar que existem muitos latinos nos EUA.

A liga norte americana já tem uma média de público maior do que o campeonato Brasileiro, claro que isso é reflexo da economia, portanto não é loucura pensar que daqui um tempo eles serão uma das principais ligas do mundo.

O futuro do futebol pode estar nos EUA, e o Orlando City pode ser uma das potencias disso.

flavio-e-kaka-7298703794